sábado, 11 de junho de 2011

12 aspectos que influenciam a criação de uma ilustração


"Pintando a luz", Giuseppe Mariotti 


O escritor e crítico Miguel Vásquez Freire define ilustração como sendo ―(…) um género gráfico que procura a síntese expressiva na concentração da informação, que reclama os seus próprios recursos e regras compositivas, diferenciando-se , deste modo, da narrativa escrita ―(…) que, pelo seu carácter sequencial, pode e deve administrar a informação de forma progressiva (com outros recursos e outras regras. A ilustração, sendo um discurso visual, constitui um modo diferente de escrever um relato. Diversas mensagens se encontram, por conseguinte, subjacentes a cada ilustração. O ilustrador, no acto de criar e comunicar, tem ao seu dispor um alfabeto visual de códigos e de técnicas que utilizará em função das intenções e das preferências que em cada situação o moverem.


Existem alguns aspectos que influenciam a criação e o resultado de uma ilustração:
1. O grupo etário a que se dirige;
2. O formato ou a medida (espaço no qual se molda a ideia a representar, o qual pode ser, entre outros, rectangular, quadrado, irregular…);
3. O suporte ou a qualidade do papel (que confere à ilustração valores e matizes especiais);
4. As linhas e os traços (que podem assumir uma profusa variedade, desde grossos ou finos, irregulares ou regulares…);
5. Os pontos de vista (a partir dos quais se representa a imagem e que a situam no plano e no espaço nos quais se sucedem as acções);
6. Os enquadramentos (escolhidos pelo ilustrador para representar as situações);
7. As proporções (que causam um jogo visual que pode, por exemplo, ser grotesco ou surpreendente);
8. A cor (na sua dimensão mais ampla de tons e valores actua como elemento básico nas ilustrações);
9. As luzes e as sombras (factor determinante de contrastes, passível, por um lado, de gerar ambientes que podem ir desde a luz solar às trevas, ou, por outro, de matizar o volume nas gradações que se intercalam, designadas por claro-escuro);
10. As texturas (que expressam os diferentes materiais representados na ilustração, tais como troncos de árvores ou peles de animais);
11. Os procedimentos e técnicas (que vão do lápis à aguarela, aos acrílicos, às têmperas e ao computador);
12. E as formas (que definem e determinam o objecto ou a coisa representada).(Arànega, 2001)
(p. 27-28)


Fonte:
A arte de contar histórias com palavras e imagens: o Capuchinho Vermelho / Maria Goreti Torres; pref. de Marta Martins. Braga: APPACDM, 2003.

Sem comentários:

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin