terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Eh pá, agora não me comas, que eu estou a ler!


-Eh pá, agora não, que eu estou a ler! Já estou quase no fim do livro. Depois de eu acabar já me podes comer - Dizia impaciente o porco ao lobo das botas. Que descaramento, incomodar assim o seu momento de leitura...se tinha fome, que esperasse...agora, que ele tinha que saber como acabava a história do bicho-homem tinha!
-Vá, senta-te aí um bocadinho, mas calado! E não salives quando olhares para mim que me sujas o chão!
O lobo sentou-se, infeliz, com a barriga a roncar de vazia:
- Grrrr - arreganhou os dentes.

- Shiiuu! - reprovou o porco sem levantar os olhos do volume encadernado.
- Oh pá, então conta-me a história! - pediu o lobo cabisbaixo, fixando a biqueira das suas botas gastas.


A ilustração é de René Milot. O texto maluco é meu. :)

2 comentários:

Denise disse...

Gostei da ilustração, mas adorei o texto maluco! ;-)

Ana T. disse...

Iiiiuuuupi! A Denise voltou! Já tava com saudades dos teus rabiscos e garatujas! Já fui à tua "casa" e vi que tenho muita leitura para pôr em dia.
Gostaste do meu texto maluco? Fico feliz! :))))))
Beijokas
Ana

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin