sábado, 5 de abril de 2008

Romances aos quadradinhos



Stardust was created by Neil Gaiman (writer) and Charles Vess (illustrator) as an illustrated novel, a story book with pictures, “a romance within the realms of fairie”, written in 1998, in the tradition of pre-Tolkien English fantasy. It is concerned with the adventures of a young man from the village of Wall, which borders the magical land of Faerie.



Só há pouco o meu marido me apresentou o conceito “Graphic Novel”, que constituí um tipo de literatura que ele aprecia particularmente mas que eu tendia a ignorar. Depois o meu cunhado emprestou-me Stardust de Neil Gaiman, ilustrado por Charles Vess, o livro que se assume como um conto de fadas para adultos (sim, o livro é melhor que o filme) e rendi-me ao género. Confesso que ainda não sei quase nada sobre o assunto. Mas, na ousadia da minha ignorância, arrisco uma definição:

Uma Graphic novel (não me sinto à vontade com a tradução literal “romance gráfico”) é uma forma de narração através da qual se conta uma história em imagens sequenciais, i.e. em banda desenhada. Trata-se de um tipo narrativo mais extenso e elaborado das “histórias aos quadradinhos”.

Aceitam-se melhores definições!:)

Stardust não chega a ser um romance aos quadradinhos mas assume-se como um romance ilustrado. Tem bruxas, unicórnios, uma viagem como metáfora de um processo de crescimento, uma floresta como lugar de passagem, descoberta e iniciação, uma jovem estrela caída, um jovem apaixonado e valoroso, metamorfoses sintomáticas de feitiços mal intencionados e atenção, perseguições, assassínios, e até uma cena quente de sexo. Uma combinação interessante.

Suficientemente envolvente para querer saber mais…


Sem comentários:

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin