domingo, 30 de dezembro de 2007

Pocoyo, yo!




Pocoyo is a Tv program for pre-schoolers created by in Spain by David Cantolla and Guillermo García Casí and produced by Zinkia Entertainment. Pocoyo is also the name of the main character, a happy and curious 3 year-old boy who teaches children how to learn by helping them learn with him, or teach him. It opens a door “to a universe of happiness and laughter where anything can happen, as Pocoyo and his friends” (Elly, the pink elephant, Pato, the shy yellow duck, Loula, the puppy, and Sleepy Bird) “discover everything around them, encouraging children to do the same in their own world. “ (more here)



Depois de Noddy, Ruca e As Pistas da Blue (muito, muito engraçado, e atribuamos o devido mérito ao Duarte), aparece agora Pocoyo (o meu preferido, tendo em conta a faixa etária do público-alvo).


Destinado às criança em idade pré-escolar, Pocoyo é desenho animado de origem espanhola, produzido pela firma Zinkia Entertainment, e distribuído pela Granada International. Actualmente exibido em Portugal, no Canal Panda, cada episódio tem apenas seis minutos e conta as aventuras de um menino extremamente cativante que está a descobrir o mundo com toda a alegria, curiosidade, deslumbramento e perplexidade de uma criança de 3 anos. Ora caprichoso, ora afectuoso, vive as suas descobertas a brincar com os seus amigos: Pato (o amiguinho mais reservado e cauteloso), Elly (a elefanta cor-de-rosa sempre de mochilinha às costas, talvez a figura da irmã mais velha, mais ágil e sensata), Loula (a cadela brincalhona) e o pássaro dorminhoco (sobre o qual não há muito a dizer).



"Quando eu comecei a série minha filha Vega tinha 2 anos. Toda noite antes de dormir ela fazia uma oração, mais ou menos “Menino Jesus de minha vida, é uma criança como eu" (em espanhol, língua dos criadores: "Jesusito de mi vida, tú eres niño como yo"). Como ela ainda não sabia falar corretamente, ao invés de dizer "como yo” no final da oração, ela dizia “poco yo”!". Assim surgiu o nome "Pocoyo", dado ao personagem pela filha do co-criador desta série de animação, David Cantolla. O outro responsável pela concepção é Guillermo García Casí.


Todos os episódios apresentam uma linha sequencial semelhante: Pocoyo aparece divertido e tranquilo até que algum objecto ou animal vem espicaçar a sua curiosidade e inquietar a sua mente… é imperativo partir à descoberta…seguem-se actividades de exploração, jogo, e interacção com os telespectadores. O diálogo com o “pai”-narrador marca o fluir de todo este processo de conhecimento, simultâneo para o pequeno protagonista Pocoyo e para as crianças que o acompanham através da televisão.

As personagens, histórias, sons e aparência visual foram desenhados com informação de peritos, entre os quais um perito no desenvolvimento infantil da Universidade de Harvard” para garantir que o programa fosse feito de forma a potenciar o desenvolvimento das criança telespectadoras, sobretudo com idades compreendidas entre os 3 e os 5 anos.


Há pois, nesta série de animação infantil, uma clara vertente lúdico-pedagógica, uma estreitíssima relação entre aprendizagem e divertimento. Para meninos e meninas que têm os olhos tão arregalados para o mundo quanto este rapazinho sempre vestido de azul…para aprender preservando (enquanto possível, claro está) a alegre inocência da primeira infância.


Também há livros cartonados, com janelas, texturas, figuras grandes e coloridas, que enchem as páginas e seduzem o pequeno leitor (nestas idades ainda só lêem as imagens, mas já os considero pequenos leitores).


Mais sobre Pocoyo no site oficial, aqui em português, e no blogue.


Sem comentários:

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin